No sábado 19/11, as equipes Adulta Masculina e Juvenil do Indaiatuba Rugby Clube - Tornados participaram do Segundo Torneio de Rugby Seven dos Jaguares, em Mogi-mirim. Em um dia de intenso sol e muito calor, a equipe Masculina enfrentou 5 adversários e os "Tornadinhos" jogaram "melhor de três" contra os Jaguares Juvenil. Os placares do adulto foram: Tornados 26 x 05 Lobos; Tornados 54 x 00 Paulistânia, Tornados 42 x 00 Jaguares, Tornados 28 x Mogi 10, Tornados 46 X Cougars 07; enquanto o Juvenil venceu duas partidas por 15 X 05 e 14 x 12 e perdeu uma por 15 X 05, todas contra Jaguares Juvenil. Com esses resultados, o Tornados Adulto foi bi-campeão desse torneio, tendo vencido a primeira edição em 2010, também invicto em jogos. Para os "Tornadinhos", foi a primeira conquista em Torneio, o que deixou todos muito contentes e realizados, mostrando frutos do trabalho realizado pela comissão técnica e do esforço de todos os adolescentes participantes da equipe. O próximo desafio do Tornados adulto será o Spac Lions, maior campeonato de Seven do Brasil, em 10 e 11 de Dezembro.

No próximo domingo 27/11, a equipe Feminina do Tornados realizará amistosos em Indaiatuba, a partir das 10:00hs, no Campo do Bela Vista (rod.Ceccon s/n, sentido Elias Fausto). A equipes do Pasteur feminino confirmou presença. Faltam duas confirmações.

O Indaiatuba Rugby Clube conta com o apoio de: Sec. Municipal de Esportes de Indaiatuba, Relthy Laboratórios, Transportadora Riopardense, Loja do Rugby, AutoEscola e Despachante Marquinhos, F&D Eletro Eletrônica, Casa de Carnes Gouveia, Aquarela Tintas, Churrascaria Jatobá, Lanchão Indaiatuba, Congesa, Restaurante Moinho Bela Vista.

No último domingo 30/10, 12 atletas do Tornados - Indaiatuba Rugby Clube formaram a Seleção de Seven de Indaiatuba e disputaram o I Circuito das Frutas Seven em Vinhedo!!!

Comandada pela Comissão Técnica que representou Indaiatuba, formada por: José Ricardo Barbosa "Dentinho" - Técnico; Anderson Rosa "Clark" - Diretor Geral, Sívia Vieira - Secretária e Cássio - Preparador Físico, a equipe defendeu nossa cidade com muita determinação e força de vontade.

Seguindo o formato "todos contra todos", Indaiatuba conquistou 3 vitórias e uma "apertada" derrota (no último lance de partida).

Os jogos foram:

Indaiatuba X Atibaia - Vitória
Indaiatuba X Jundiaí - Derrota
Indaiatuba X Vinhedo - Vitória
Indaiatuba X Louveira - Vitória

Com essa boa campanha, a Equipe Indaiatuba Seven sagrou-se Vice-Campeã, trazendo a Taça de Prata, bem como as medalhas de Prata.

Parabéns aos atletas: Clodoaldo Formigoni, Rafael Carrara, Alcino Amato, Marcelo Amato, Davidson Bueno, Rafael Dagostinni, Ivao Tochizawa, Igor Silveira, André Dias, Denis de Moraes, Lucas Teles e Anderson Rosa. Obrigado também aos atletas Alencar Kawashima, Henrique Kazuya e Leonardo Gatti, que, mesmo selecionados, não participaram ativamente por estarem lesionados.

Muito Obrigado aos integrantes da Comissão Técnica, pelo esforço e todo o trabalho realizado com a equipe.

Obrigado também à Prefeitura Municipal de Indaiatuba, bem como à Secretaria Municipal de Esportes de Indaiatuba, que permitiram a participação da Equipe de Seven e ofereceram todo o apoio para que tudo fosse realizado.

Institucional:

O Indaiatuba Rugby Clube conta com o apoio de: Sec. Municipal de Esportes de Indaiatuba, Relthy Laboratórios, Transportadora Riopardense, Loja do Rugby, AutoEscola e Despachante Marquinhos, F&D Eletro Eletrônica, Casa de Carnes Gouveia, Aquarela Tintas, Churrascaria Jatobá, Lanchão Indaiatuba, Congesa, Restaurante Moinho Bela Vista.

Parece que foi outro dia que decidi que iria vir para Austrália, para melhorar meu inglês e é claro meu rugby. Muitos pontos dessa viagem já estavam definidos como escola que eu ia estudar e acomodação, mas aonde eu iria treinar era uma dúvida até para mim, já tinha tentado achar locais, pedi ajuda a meu amigo e ex-técnico Julius Laucevicius e encontrei um local só que ao chegar aqui em Sydney e tentar um contato não consegui resposta, foi aonde me encontrei desesperado, pois Rugby já corre em minhas veias e eu precisava muito me exercitar, só a academia não basta!

Após alguns dias meio perdido, resolvi procurar se tinha algum time perto de minha casa, foi então que achei o Waverley Rugby Club, um time que joga a terceira divisão australiana. Minha recepção no time foi um tanto quanto estranha, pois onde já se viu um brasileiro na terra dos cangurus falar que sabe jogar rugby, eu acho que eles não acreditaram no começo e eu ia ter muito que provar.

Em meu primeiro jogo, entrei de segunda linha mas como eu não estava muito bem entrosado com o time e com as linguagens do jogo em inglês eu me senti um pouco perdido e acabei sendo substituído no segundo tempo, mas sabia que aquele era meu lugar e que tinha que provar que brasileiro não é bom somente no futebol, que ele pode surpreender em todos os esportes que ele se dedicar.

Continuei treinando minha musculação todos os dias e treinando rugby com eles toda terça e quinta feira, mas mesmo assim tinha muitos problemas com a língua inglesa, pois no time temos pessoas de todas as partes do mundo do Rugby, como França, Inglaterra, Irlanda entre outros, o sotaque é muito diferente e confesso a vocês que várias vezes eu fiz cara de quem estava entendendo e não estava entendendo nada!
Meu segundo jogo foi mais tranquilo, entrei de titular consegui ajudar muito a equipe com fundamentos que aprendi com vários amigos do Brasil, conseguimos empatar com o primeiro time da chave, ao qual já tinha ganho de nós em outra oportunidade, o placar ficou em 7-7 mas os dirigentes do Waverley ficaram muito felizes e algo muito especial ocorreu, acho que nunca vou esquecer disso em minha vida, estávamos todos escutando nosso técnico falar sobre o jogo quando ele resolveu nomear os nomes do jogo, os jogadores importantes, há esqueci de comentar, essa altura eu já entendia quase tudo que eles falavam, estava ficando mais fácil a convivência, durante a nomeação ele escolhe os três melhores jogadores, dando os pontos 1, 2 e 3 e nesse dia eu vi o quanto era capaz, pois fui escolhido o melhor jogador em campo, foi uma emoção que não cabia em meu peito, minha alegria era tanto que eu queria ligar para todos no Brasil, mas não podia por causa do fuso horário.

Foram vindo os próximos jogos e eu já tinha conquistado minha camisa, só que várias vezes fui trocado de posição, tendo que jogar metade dos jogos de primeira linha, o qual eu gostei muito, pois eu jogava com muitos jogadores de experiência excepcional e sabia que isso iria ajudar muito meu clube quando eu voltasse para o Brasil. No decorrer de 6 partidas que joguei pelo meu time consegui emplacar três trys, isso foi uma conquista pessoal muito boa também, pois nunca pensei que ia chegar perto do try. Conseguimos chegar as quartas de finais, mas infelizmente perdemos por 7 – 3 e ficamos na terceira posição do campeonato.

Gostaria de compartilhar com vocês uma coisa, sempre antes de entrar em campo eu fazia uma oração e pedia ajuda a todos os meus companheiros de time para me mandarem força para que eu conseguisse entrar e dar meu melhor e sempre antes de entrar em campo, nunca gritei Waverley, sempre gritei TORNADOS.
Agora minha temporada terminou na Austrália, só se inicia uma nova em fevereiro, meus treinamentos na academia continuam, chegando o verão irei voltar a nadar para melhorar meu cardiorrespiratório.

Esse foi um pequeno relato de um brasileiro, um Tornado, um indaiatubano de coração na terra dos cangurus.

Obrigado a todos que me dão força todos os dias!

A CBRu anunciou a lista de atletas para a Seleção Brasileira Masculina de XV que realizará treinamento visando à disputa da Copa Quatro Nações (Emirates Four Nations Cup), em Dubai, no mês de dezembro. Do elenco preliminar sairá a lista final para o troenio.

Os treinos serão realizados nos dias 29 e 30 de outubro, e inaugurarão o Centro de Treinamento da CBRu em São José dos Campos/SP.

Entre os atletas convocados pelo técnico Toto Camardon estão muitos jogadores de clubes que não disputaram o Super 10. Ilhabela (campeão da Copa do Brasil, com dois atletas), Potiguar (Nordestão), Indaiatuba (Paulista B) e Novo Hamburgo (Campeonato Gaúcho) tiveram atletas chamados.

Alexandre Franz – Indaiatuba/SP
André Muniz – SPAC/SP
Antônio Gorios – Rio Branco/SP
Carlos Oliveira – São José/SP
Daniel Danielewicz – Desterro/SC
Danilo Lima – Rio Branco/SP
Eduardo Garcia – Bandeirantes/SP
Elpídio Sgobbi – São José/SP
Felipe Zeni – Pasteur/SP
Gabriel Domingues – São José/SP
Gustavo Krahembuhl – Pasteur/SP
Jardel de Mendonça – SPAC/SP
Jardel Vettorato – Novo Hamburgo/RS
João Carlos Orioli – Pasteur/SP
José Leão – São José/SP
Julián Menutti – Bandeirantes/SP
Júlio Figalo – Niterói/RJ
Leandro Amaral – SPAC/SP
Leonardo Frota – São José/SP
Lucas Croffi – Pasteur/SP
Lucas Ceccarelli – Ilhabela/SP
Luiz Padilla – São José/SP
Mateus Daniel – São José/SP
Matheus Silva – Ilhabela/SP
Martin Schaefer – Rio Branco/SP
Pedro Lopes – São José/SP
Pedro Rosa – Bandeirantes/SP
Ramiro Mina – Bandeirantes/SP
Reges Comoreto – Desterro/SC
Saulo Oliveira – São José/SP
Thiago Maihara – Pasteur/SP
Victor Chamelette – Pasteur/SP
Vinicius Faustino – São José/SP
Vítor Medeiros – Potiguar/RN

Comissão técnica:

Rodrigo “Toto” Camardon – Head Coach
Juan Rapetti – Técnico de Forwards
Nei Vasconcelos – Auxiliar Técnico
Márcio Corchs – Preparador Físico
Michel Kalil – Fisioterapeuta
Fábio Galdieri - Manager

Fonte: CBRu / Blog do Rugby

A Seleção Brasileira feminina de rugby estará concentrada neste fim de semana (dias 11 e 12 de setembro) em Itu/SP para intensos treinamentos em preparação às próximas competições.

Eis a lista das atletas convocadas para estes treinos:
1 Aline Delfim - CHARRUA RC
2 Angélica Gevaerd - SPAC
3 Ayna dos Santos Cristovam - SPAC
4 Beatriz da Silva - DESTERRO RC
5 Bianca Menini De Carli - BANDEIRANTES RC
6 Crislaine dos Santos - TORNADOS INDAIATUBA
7 Fabiana Ferreira Souza - TORNADOS INDAIATUBA

8 Gabriela Pioli - SPAC
9 Jéssica Amanda Santos - SPAC
10 Julia Albino Sardá - DESTERRO RC
11 Juliana Esteves Santos - BANDEIRANTES RC
12 Juliana Souza - DESTERRO RC
13 Maira da Ros - DESTERRO RC
14 Manuela Nunes Barbosa - BANDEIRANTES RC
15 Maria Gabriela Ávila - SPAC
16 Mariana Barbosa Ramalho - SPAC
17 Natasha Olsen - SPAC
18 Paula Ishibashi - SPAC
19 Schwarleny Matos - BANDEIRANTES RC
20 Tamires Dias - SPAC
21 Thais Cruz - SPAC
22 Vanessa das Chagas - DESTERRO RC
23 Vivian Gama - SPAC
24 Viviane Trindade - NITEROI RFC

Mais informações no site www.brasilrugby.com.br

O Indaiatuba Rugby Clube parabeniza as meninas por essa conquista e que tenham muita sorte nesse treinamento!

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 >>

Outubro 2016
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab
 << <   > >>
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31